Resenha: Sherlock Holmes - Um estudo em vermelho



Autor: Sir Arthur Conan Doyle
Editora: Melhoramentos
Páginas: 247 (edição de bolso)
Mais informações
Compre aqui
Sinopse: 

O cadáver de um homem, nenhuma razão para o crime. É a primeira investigação de Sherlock Holmes, que fareja o assassino como um cão de caça. Lamentava-se de que não há mais crimes nem criminosos nos nossos dias, quando, nesse instante, recebe uma carta a pedir a sua ajuda. O cadáver de um homem foi encontrado numa casa desabitada, mas não há qualquer indício de roubo ou da natureza da morte. Sherlock Holmes não resiste ao apelo, mas sabe que o mérito irá sempre para a Polícia. 



Resenha:
O médico John Watson, de volta do Afeganistão em 1978, procura um colega para dividir um apartamento em Londres ("a grande fossa para onde escorrem todos os vadios e desocupados do Império"). Um conhecido indica ao Dr. Watson a Sherlock Holmes, que também procura alguém para dividir o apartamento. Durante um bom tempo o Dr. Watson não entende qual o trabalho de Holmes, que passa muito tempo estudando, mas não é cientista. Então, um cadáver é encontrado, sem sinais do motivo da morte e sem que nada lhe tenha sido roubado. A polícia procura Holmes para que ele ajude a desvendar o caso. Contrariado por saber que o mérito do caso seria dado à Polícia, mas convencido pelo seu novo amigo (muito empolgado com o caso), Holmes decide ajudar.


É impressionante a sua capacidade de encontrar evidências e conectá-las de uma forma que, no fim, parece até meio óbvia! Em pouco tempo, Holmes desvenda o caso. Não bastasse o atrativo da habilidade investigativa de Holmes, o leitor se vê imerso na estória que levou a essa morte. Tornando possível compreender suas causas e, por vezes, simpatizar com personagens inesperados.


Este foi meu primeiro romance policial da vida, e me surpreendi com a linha de raciocínio e a lógica desenvolvidos para resolver a trama. Minha edição é de bolso, mas as letras são grande e tem um bom espaçamento entre linhas, facilitando ainda mais a leitura deste livro que já é curto.


Apesar de ter sido escrito há mais de 100 anos (foi publicado em forma de livro pela primeira vez em 1888), Sherlock Holmes: Um estudo em vermelho é, de certa forma, atual, com uma linguagem fácil, de leitura rápida. Super indico a quem nunca leu romance policial, como eu, pela facilidade da leitura, sem muitos termos técnicos e com uma trama fácil de acompanhar.



2 comentários:

  1. Ola, tudo bem?
    Este livro está na minha pilha de leituras pendentes.
    Gostei muito da sua resenha.
    Beijinhos dende Espanha e boas leituras! :)

    ResponderExcluir
  2. Sherlock Holmes é excelente!

    Abraços!
    www.bravuraliterariablog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Bem-vindos ao Mundo Mágico dos Livros!